GROWSHOP`S Portugal

GROWSHOP`S Espanha

SMARTSHOP´S

CBD SHOP´S

LED GROW LIGHTS

SEED BANK´S

Sensi seeds













Últimos assuntos

» Tópico das promoções semanais
por Social_Thgrow Ontem à(s) 12:55 pm

» Vendo Vaporizador AVR 100
por supreme Qui Jul 20, 2017 4:05 pm

» Tópico de novos produtos
por Social_Thgrow Qui Jul 20, 2017 11:16 am

» Folhas de baixo amarelas e muchas
por Giraweed Qua Jul 19, 2017 11:46 pm

» Sorteio THGROW growshop
por Giraweed Qua Jul 19, 2017 9:04 am

» Planta autoflorescente com manchas brancas
por nolikess Ter Jul 18, 2017 11:18 am

» Espectros de luz
por Giraweed Ter Jul 18, 2017 6:16 am

» As folhas secaram do dia para a noite e as outras não sei o que teem
por A&C Ter Jul 18, 2017 12:51 am

» Prisão ter uma planta?
por MW2T1999 Seg Jul 17, 2017 9:27 pm

» Cha de Cannabis Psicoativo
por MW2T1999 Sab Jul 15, 2017 7:33 pm

» Firecrackers
por MW2T1999 Sab Jul 15, 2017 4:43 pm

» Minha planta nao cresce .
por RP12 Sex Jul 14, 2017 9:36 am

» O Q PODE TER ACONTECIDO
por MW2T1999 Sex Jul 14, 2017 5:04 am

» Fumar hermafrodite
por MW2T1999 Qui Jul 13, 2017 9:57 pm

» Autoflorescentes
por supreme Qui Jul 13, 2017 1:30 pm

» Ajuda
por Carpan Qua Jul 12, 2017 9:22 pm

» Morreu?
por Tanatos57 Qua Jul 12, 2017 9:37 am

» Folhas de baixo caindo sem amarelar
por Centavos Ter Jul 11, 2017 11:48 pm

» Ajuda para plantar a minha primeira plantinha
por MW2T1999 Ter Jul 11, 2017 8:48 pm

» Tópico das Promoções Mensais
por Social_Thgrow Ter Jul 11, 2017 3:50 pm

Publicidade














































Tradutor

English French German

Spain Italian Dutch

    Agua ?

    Compartilhe
    avatar
    Caxuxo

    Mensagens : 706
    Data de inscrição : 13/08/2013

    Agua ?

    Mensagem por Caxuxo em Qua Fev 04, 2015 6:08 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    A ÁGUA DE DISTRIBUIÇÃO TEM, POR VEZES, UM CHEIRO E UM SABOR A CLORO. O CLORO É NECESSÁRIO? NÃO É PERIGOSO?
    Para uma desinfeção eficaz da água de distribuição é absolutamente necessária a utilização de cloro, só, assim, se podem evitar doenças infeciosas. A desinfeção da água de distribuição com cloro (sob a forma de cloro gasoso ou hipoclorito) é uma das principais medidas tomadas, para assegurar que nenhuma contaminação microbiana possa surgir, durante o transporte nas condutas, mantendo assim a qualidade exigida. O cloro tem tendência a desaparecer, em função do tempo de permanência da água, nas condutas e da temperatura da mesma. Os distribuidores de água controlam o teor em cloro residual e verificam a eficácia da desinfeção, através da análise bacteriológica de amostras recolhidas, ao longo dos sistemas de abastecimento. O cheiro a cloro que se pode sentir na água das torneiras é devido à evaporação desta substância que é percetível mesmo em muito fracas concentrações. Alguns conselhos: a. Antes do consumo imediato pode-se eliminar o sabor a cloro, juntando algumas gotas de sumo de limão. b. Após algum tempo em recipientes abertos, cobertos com um pano, para evitar a introdução de poeiras, o sabor e o cheiro de cloro desaparecem. Conserve esta água no frigorífico e consuma, no prazo máximo de dois dias.

    A QUALIDADE DA ÁGUA EM MINHA CASA PODE SOFRER ALTERAÇÕES?
    É essencial assegurar a manutenção e limpeza de todos os equipamentos em contacto com a água; a utilização de reservatórios requer manutenção e higienização adequadas pois a sua ausência pode ser a origem de contaminação microbiológica.

    É POSSÍVEL GARANTIR A QUALIDADE DA ÁGUA DE DISTRIBUIÇÃO?
    Apesar da poluição que ameaça certos recursos naturais, a água de distribuição é segura. Quando se fala em qualidade de água, pensa-se, geralmente, na concentração de certas substâncias dissolvidas na água. A legislação nacional fixa normas muito rigorosas para estas substâncias, que pautam, obrigatoriamente, a atividade das entidades distribuidoras de água. A concentração de certas substâncias indesejáveis (nitratos, pesticidas…) tem vindo a aumentar, ao longo do tempo, nas "águas brutas", quer sejam de origem subterrânea, quer sejam de origem superficial. Face a esta ameaça, as entidades distribuidoras utilizam, cada vez mais, tecnologias avançadas, de modo a garantirem a potabilidade da água distribuída. Os consumidores têm hoje boas garantias, quanto à qualidade da sua água.

    O QUE É O PH DA ÁGUA?
    O valor do pH (potencial hidrogeniónico) traduz a acidez ou basicidade da água. A escala do pH compreende valores entre 0 e 14, sendo que um pH igual a 7,0 indica uma solução neutra. Na legislação relativa à água para consumo estabelece-se como valores aceitáveis, os que estão acima de 6,5 e abaixo de 9,0.

    O QUE SIGNIFICA A DUREZA DA ÁGUA?
    A “dureza” na água potável é causada essencialmente pela presença de sais de cálcio e magnésio, sendo considerada “dura” quando existem valores significativos destes sais e “macia” quando contém pequenas quantidades.
    Uma água diz-se dura quando o seu uso, no decurso de lavagens, obriga ao consumo de mais sabão, devido à formação de sais insolúveis dos metais acima referidos com os ácidos gordos do sabão. Se, pelo contrário, apresenta teores reduzidos daqueles metais, diz-se que essa água é doce ou macia. Os teores dos sais de metais variam com a natureza geológica dos solos com os quais a água esteve em contato.

    PODE BEBER-SE A ÁGUA DE TORNEIRA DEPOIS DE UM LONGO PERÍODO SEM UTILIZAÇÃO?
    É desaconselhável fazê-lo, pois a água ao ter ficado retida toda a noite, pode ter dissolvido alguns elementos das paredes das canalizações. Se o edifício ainda está equipado com canalizações de chumbo, isto pode ser mesmo prejudicial para a saúde. Muitas vezes as redes, pelo facto de serem novas, podem conferir à água sabores desagradáveis. Para evitar estes problemas, aconselha-se a utilização das primeiras águas da manhã para outros fins, que não a alimentação, como por exemplo, em autoclismos, higiene pessoal e rega de plantas. Para fazer o café ou chá, logo pela manhã, pode utilizar a água que guardou de véspera. Assim não haverá desperdícios de água. Após uma ausência prolongada, é, também, aconselhável deixar correr a água das torneiras, durante alguns minutos, antes de a utilizar para consumo.

    PODE-SE BEBER, SEM PROBLEMAS, A ÁGUA DE UM POÇO?
    É preferível não o fazer! A água de um poço particular pode ter um bom aspeto ou mesmo um gosto agradável e ser imprópria para o consumo humano, por estar contaminada. Com efeito, os poços particulares são geralmente pouco profundos e o risco de poluição da água é tanto maior, quanto mais próxima da superfície a água se encontra - os pesticidas, nitratos e bactérias podem, facilmente, infiltrar-se até estas profundidades. Como muitas substâncias nocivas à saúde não têm gosto, cor ou cheiro, é necessário controlar regularmente a qualidade da água destes poços.

    PORQUE É QUE A ÁGUA DO CIRCUITO DE ÁGUA QUENTE NÃO É POTÁVEL?
    A água proveniente de um circuito de água quente, esquentador, termoacumulador ou aquecimento central não tem qualidade de uma água potável. Com efeito este tipo de aquecimento provoca-lhe múltiplas modificações. Certas bactérias multiplicam-se mais rapidamente com o calor, sobretudo nas zonas do circuito em que a água é morna e não verdadeiramente quente. A composição é alternada e a água contém menor quantidade de oxigénio dissolvido. O seu gosto não é agradável e podem formar-se nitritos, que são nocivos para a saúde. Os riscos são mais elevados nas casas em que existe um circuito combinado para o aquecimento central e a produção de água quente sanitária. As águas destes dois circuitos podem efetivamente entrar em contacto se o permutador de calor que as separar estiver defeituoso. A água quente acelera a corrosão, dissolvendo mais facilmente certas substâncias (cobre, ferro, níquel, zinco…) das paredes dos termoacumuladores e das tubagens. É preferível retirar sempre água da torneira de água fria para beber, assim como para cozinhar e preparar bebidas quentes.

    PORQUE É QUE ÀS VEZES, A ÁGUA SAI BRANCA DA TORNEIRA?
    Contrariamente ao que pensa a maioria da população, não se trata de excesso de desinfetante ou calcário. Na realidade deve-se à presença de bolhas de ar dissolvidas na água. Quando há uma interrupção no abastecimento de água ou roturas na rede, as condutas ficam sem água e no lugar dela fica ar. Quando o abastecimento é reposto, a água volta com muita pressão e a maior parte do ar sai da rede através de dispositivos especiais, podendo ficar algum ar dentro dos ramais. Parte deste ar pode sair pela torneira e parte pode dissolver-se na água. É este ar dissolvido que quando se liberta da água forma bolhas muito pequenas que dão o aspeto branco à água. A água quando colocada num copo, começa a ficar límpida de baixo para cima. Só o aspeto visual desta água é que pode parecer estranho. A sua ingestão não tem qualquer risco associado. Passado algum tempo, esta situação retorna à normalidade.

    PORQUE É QUE, POR VEZES, A ÁGUA SAI AMARELA DA TORNEIRA?
    Este aspeto poderá estar associado à presença de ferro na água; o seu aparecimento é normal quando a utilização da água é interrompida por algum tempo e em contacto com o material das tubagens no interior das habitações ou edifícios reage, adquirindo a tonalidade amarela. Esta situação carece de acompanhamento já que o aparecimento constante da cor amarela poderá estar associado a corrosão das canalizações internas, normalmente construídas em ferro, resultando no aparecimento de ferrugem e do sabor a ferro. A solução adequada consiste na sua substituição por canalizações de material não corrosivo.

    POSSO UTILIZAR A ÁGUA DE DISTRIBUIÇÃO NO MEU AQUÁRIO?
    Sim. A água de distribuição pode ser utilizada, para a maioria das espécies de peixes de água doce. No entanto, devem ser sempre seguidas as instruções e recomendações fornecidas nas lojas de aquariofilia.



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

      Data/hora atual: Sab Jul 22, 2017 5:46 pm